O que importa nesse momento é atentar para o fato de que, não raras vezes, verdadeiros golpes de Estado ocorrem “dentro da Constituição” para depois se voltarem contra ela e, por fim eliminá-la do cenário jurídico e político nacional.


Caderno de Estudo traz reflexões imprescindíveis para o debate sobre o papel dos BRICS, a geopolítica, às crises econômica, política, social e ambiental e os desafios das organizações populares diante deste cenário.


Uma das saídas do capitalismo à crise é a intensificação de uma nova ofensiva neoliberal. Há uma espécie de corrida para ocupar os territórios, e as guerras atuais são mecanismos de disciplinamento do capital em função de suas necessidades.


Ana Esther Ceceña aponta que a expansão territorial é fundamental para o avanço das multinacionais e a continuidade do projeto de acumulação do capitalismo. Para os EUA, o desejo de alcançar espaço acontece também para intensificar o controle militar no continente.