Em 1965, o Lekra, a organização cultural revolucionária da Indonésia, tinha 200 mil membros e um milhão e meio de apoiadores. Nesse mesmo ano, um golpe de Estado assassinou um milhão de comunistas. No 70º aniversário de sua fundação, em 17 de agosto de 1950, este dossiê traça a história do Lekra e convoca artistas e militantes de hoje a combinar a criatividade individual com a sabedoria das massas, em cujas lutas por emancipação buscamos esperança e direção.