THE TRICONTINENTAL

EQUIPE

Vijay Prashad

Diretor

Vijay Prashad é historiador e jornalista indiano. Autor de vinte e cinco livros, incluindo The Darker Nations: A People’s History of the Third World and The Poorer Nations: A Possible History of the Global South, e dez edições, incluindo a Land of Blue Helmets: The United Nations in the Arab World. Como jornalista, escreve regularmente para o Hindu (Índia), Frontline (Índia), BirGün (Turquia) e Alternet (EUA) regularmente escreve no The Real News Network e no Democracy Now. É o editor-chefe da LeftWord Books (Nova Delhi). Ele já apareceu em dois filmes - Shadow World (2016) e Two Meetings (2017). Durante vinte e cinco anos, foi professor no Trinity College; também foi Presidente da Edward Said na Universidade Americana de Beirute, onde foi membro sênior do Instituto de Política Pública da Issam Fares.

[email protected]

Renata Porto Bugni

Vice Diretora

Renata Porto Bugni é analista de políticas públicas, militante e professora. Possui graduação em Relações Internacionais pela UNESP. Concluiu mestrado em Políticas Púbicas pela Universidade de São Paulo (USP), sob o tema de políticas públicas para mulheres no Brasil, notadamente no combate à violência. Renata começou sua atuação política no movimento estudantil e tornou-se membro da organização política Consulta Popular. Entre 2014 e 2017, foi professora em universidades públicas e privadas do Brasil. Renata passou sete anos trabalhando com desenvolvimento de políticas públicas de cidadania e justiça social na Secretaria Estadual da Justiça e da Defesa da Cidadania, e no desenvolvimento de indicadores sociais, como educação, saúde e transporte público junto à Prefeitura de São Paulo. Ela está sediada em São Paulo.

[email protected]

Celina della Croce

Coordenadora

Celina della Croce é uma ativista e defensora da justiça social. Ela passou os últimos quatro anos trabalhando no movimento dos trabalhadores com o Sindicato dos Servidores de Serviços e Luta pelos 15, organização para a justiça econômica, racial e imigrante. Ela também tem sido uma participante ativa na luta pela justiça social em St. Louis, MO nas ruas, bem como através de seu trabalho com o Anti Racism Collective e Humans of St. Louis. Ela tem bacharelado em Estudos Latino-Americanos da Washington University em St. Louis e passou dois anos morando e estudando na Argentina, Brasil, Nicarágua, Chile e França.

[email protected]

E. Ahmet Tonak

Economista

E. Ahmet Tonak é autor e editor de vários livros, incluindo Measuring the Wealth of Nations: The Political Economy of National Accounts (com Anwar Shaikh), Turkey in Transition: New Perspectives (produzido com Irvin Schick) e Marxism and Classes (editado com Sungur Savran e Kurtar Tanyılmaz). Formado como engenheiro mecânico na Universidade Técnica de Istambul, com Doutorado em economia pela New School for Social Research. Tonak lecionou por muitos anos na Universidade Istanbul Bilgi, na Universidade Técnica do Oriente Médio, na Bard College at Simon's Rock, e atualmente é professor visitante na UMASS Amherst. Escreve para vários jornais turcos e contribui para o sendika.org, um portal alternativo de notícias na Turquia.

[email protected]

Nate Singham

Pesquisador

Nate Singham está atualmente em São Paulo, Brasil. Morou em Quito, no Equador, onde trabalhou como redator da agência de notícias online teleSUR English. Antes de entrar no campo do jornalismo, Nate obteve seu mestrado em Estudos Agrários e Desenvolvimento Rural pela Universidad Mayor De San Simon em Cochabamba, Bolívia. Mais importante ainda, Nate considera-se um aprendiz ávido, um solucionador de problemas e um entusiasta político.

[email protected]

Tings Chak

Designer

Tings Chak é uma ativista e artista, formada em arquitetura, seu trabalho inspira e contribui para a justiça migrante e as lutas da classe trabalhadora internacionalista de que ela faz parte. Seu romance gráfico, não documentado: The Architecture of Migrant Detention (2017), explora o papel da arquitetura no controle dos corpos migrantes e das políticas de representação visual. Ela atualmente está sediada em Joanesburgo e em São Paulo.

[email protected]

P. Sainath

Membro Senior

P. Sainath é o repórter mais importante da Índia. Passou as últimas três décadas cobrindo a Índia rural, trabalho que resultou na criação do Arquivo Popular da Índia Rural. O vencedor do prêmio Nobel, Amartya Sem, chama Sainath de "um dos maiores especialistas do mundo da fome". Em 2000, Sainath foi o primeiro repórter a ganhar o Prêmio Global de Jornalismo em Direitos Humanos da Anistia Internacional, e no mesmo ano ganhou o Prêmio Boerma da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação. Sainath é o vencedor de 2007 do Prêmio Ramon Magsaysay (prêmio de maior prestígio da Ásia) e vencedor do World Media Summit Global Award de 2014. O livro de Sainath - Everybody Loves a Good Drought (1996) - foi reimpresso em uma edição de aniversário de 20 anos da Penguin Classics. Escreveu o prefácio para Os Dez Dias Que Abalaram o Mundo de John Reed (LeftWord, 2018).

[email protected]

Tanya Rawal

Pesquisadora

Tania Rawal é pesquisadora, educadora e ativista. Como acadêmica interdisciplinar, com Ph.D em Literatura Comparada pela Universidade da Califórnia, em Riverside, Rawal tem lecionado Filosofia, Estudos de Gênero, Literatura Comparada, Estudos em Mídia, Cultura e Sustentabilidade. Os títulos de suas disciplinas vão desde “Teoria Crítica Anticolonial” e “Filosofia Feminista Transnacional” a “Gênero e Sustentabilidade no Sul Global” e “Cinema no Sul Global”. Rawal já foi convidada a dar aulas na Universidade de Nova Déli, Universidade da Califórnia, Riverside, e Universidade do Estado da Califórnia, em Los Angeles. Em 2015, Rawal criou “Saree, not sorry” - um movimento digital global que utiliza a moda como um meio para advogar pelos direitos das minorias migrantes. Ela trabalhou na BBC Media Action Network como especialista em gênero antes de se juntar à Tricontinental.

[email protected]

Ghassane Koumiya

Pesquisador

Ghassane Koumiya é professor de tradução no Instituto de Liderança e Jornalismo de Rabat (Marrocos). Antropólogo político, tem participado de movimentos de base, movimentos políticos e movimentos populares na região do Magreb. Ghassane tem participado ativamente em movimentos sindicais e de direitos humanos no Marrocos. Atualmente está terminando seu doutorado em Antropologia Cultural na Universidade de Ljubljana (Eslovênia).

[email protected]

Jose Seoane

Coordenador

José é um pesquisador da Argentina que estuda e formula sobre os problemas dos movimentos sociais e os processos sóciopolíticos latinoamericanos. Colabora regularmente em atividades de formação com organizações populares e também com diferentes experiências de coordenação regional. Sociólogo e Doutor em Ciências Sociais, é professor e pesquisador da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade de Buenos Aires, Argentina, e é membro do Grupo de Estudos sobre a América Latina e o Caribe (GEAL) do Instituto de Estudos Latino-Americanos e Caribe (IEALC) da referida Faculdade. Participa da coordenação da Escola de Formação José Carlos Mariátegui (EJCM) e publicou entre outros, os livros “Extractivismo, despojo y crisis climática: desafíos para los movimientos sociales y los proyectos emancipatorios de Nuestra América” e “Las (re)configuraciones neoliberales de la cuestión ambiental”

[email protected]

Nayla Pis Diez

Pesquisadora

Nayla é militante popular, investigadora e docente na Argentina. Desde 2008 participa de diversas experiências políticas, vinculada a espaços de formação e disputa ideológica feminista, latinoamericana e anticapitalista. Integra o Centro de Estudos para a Mudança Social (CECS) e a Livre Cátedra de Feminismos Populares da América Latina Martina Chapanay. É socióloga, doutora em Ciencias Sociais pela Universidade de La Plata, e docente na Faculdade de Humanidades e Trabalho Social, da referida universidade. Desde 2016, faz parte da V Turma de Especialização em Estudos Latino-americanos da Universidade de Juiz de Fora em parceria com a Escola Nacional Florestan Fernantes, no Brasil. Tem publicado diversos artigos sobre a história atual na Argentina, sobre universidades e o movimento estudantil da América Latina.

[email protected]

Maria Belén Roca Pamich

Pesquisadora

Belén é socióloga e militante popular na Argentina. Desde 2009 participa em diversas experiências políticas, sobretudo relacionadas com a educação popular nos cárceres e a comunicação aternativa pelo Coletivo Atrapamuros. É licenciada em Sociologia, doutoranda em Ciências Sociais pela Universidade de La Plata, desenvolve sua pesquisa em temas sobre segurança pública e atualmente leciona sociologia para estudantes encarcerados.

[email protected]

Adrián Pulleiro

Pesquisador

Adrián Pulleiro é pesquisador e docente na Argentina. No período universitário, participou ativamente do movimento estudantil e tem sido parte de diversas experiências políticas. Também participou de vários meios comunicação alternativa. É licenciado em Ciências da Comunicação e Doutor em Ciências Sociais pela Universidade de Buenos Aires. É professor da mesma Universidade que doutorou e também na Universidade Nacional de La Pampa. Autor dos livros “La radio alternativa en América Latina, Debates y experiencias desde los orígenes hasta el siglo XXI” e de “Liberales, populistas y heterodoxos, Estudios sobre intelectuales, cultura y política en la Argentina reciente”.

[email protected]

Luciana Balbuena

Pesquisadora

Luciana é professora do ensino médio e militante popular, na Argentina. Desde 2009 fez parte de diversas experiências políticas, entre as quais se destaca espaços de organização estudantil na universidade e trabalhadores da educação. Possui graduação em Comunicação Social, área que, articulada com sua atuação como professora, permitiu adquirir conhecimento sobre a juventude e sua ligação com a informação e tecnologias.

[email protected]

Emiliano Lopez

Pesquisadora

Emiliano é militante popular, pesquisador e professor na Argentina. Tem participado, desde 2004, de diversas experiências políticas, vinculadas a espaços de organização sindical e formação política em organizações populares. É integrante do Laboratório de Estudos Sociológicos e Económicos do Trabalho (LESET) na Universidade Nacional de La Plata. É Economista, Doutor em Ciências Sociais pela Universidade de La Plata (UNLP), e professor na Faculdade de Humanidades. Publicou diversos artigos e livros, entre eles “Os anos pós-neoliberais. Da crise à consolidação de um novo modo de desenvolvimento”. Trabalha com temas vinculados à economia política e à sociologia política e os modelos de desenvolvimento em disputa na Argentina recente.

[email protected]

Srujana Bodapati

Coordenadora

Srujana trabalhou principalmente na área de relações agrárias na Índia. Ela participou de estudos de aldeias em diferentes partes do país. De tempos em tempos ela escreve sobre questões do setor bancário indiano no NewsClick. Em Delhi era atuante na política estudantil e continua tendo interesse na política e nas lutas de esquerda.

[email protected]

Pindiga Ambedkar

Pesquisador

Pindiga Ambedkar concluiu seu mestrado pelo Centro de Estudos de Sistemas Sociais da Universidade Jawaharlal Nehru, onde concentrou seus estudos em questões enfrentadas pelas classes oprimidas (especificamente, as castas inferiores ou dalits) em institutos de ciência e tecnologia na Índia. Como estudante, P. Ambedkar era um membro ativo da Federação de Estudantes da Índia (SFI) e foi eleito em 2007-2008 vice-presidente do Sindicato de Estudantes do Tata Institute (TISS) enquanto cursava o mestrado. Além de sua pesquisa, P. Ambedkar está engajado com Dalit Shoshan Mukti Manch ("a Plataforma de Libertação do Oprimido" em inglês), que luta contra a discriminação de castas. Antes de ingressar no Instituto Tricontinental, ele trabalhou como correspondente do NewsClick, um web com sede em Nova Delhi.

[email protected]

Subin Dennis

Pesquisador

Subin Dennis é um economista e ativista em Nova Delhi. Nascido no Kerala,Índia ele possui dois mestrados em economia pela Universidade Jawaharlal Nehru, em Nova Delhi. Ele foi atuante no movimento estudantil e foi vice-presidente representando Delhi na Federação dos Estudantes da Índia (SFI). Os escritos de Subin em inglês e malaiala sobre questões relacionadas à economia e política aparecem em vários periódicos e sites. Ele trabalhou como escritor no portal de notícias on-line NewsClick antes de ingressar no Instituto Tricontinental.

[email protected]

André Cardoso

Coordenador

André Cardoso é um militante e economista brasileiro. Trabalhou como assessor econômico no Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) por sete anos, trabalhando diretamente com a Confederação Nacional dos Metalúrgicos. Em parceria com seus colegas do DIEESE, publicou uma análise do setor metalúrgico no Brasil e no mundo do trabalho nos anos de 2003 a 2013 intitulado "As Faces da Indústria Metalúrgica no Brasil". Foi militante do Levante Popular da Junventude e atualmente é membro da organização Consulta Popular.

[email protected]

Cristiane Ganaka

Pesquisadora

Cristiane Ganaka é economista e bacharel em ciências e humanidades pela Universidade Federal do ABC. Fez parte do movimento estudantil durante a graduação e foi voluntária no Observatório Econômico do ABC. Trabalhou no Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) por mais de cinco anos, atendendo diretamente a Confederação Nacional dos Metalúrgicos da Central Única dos Trabalhadores (CUT), onde investigava a indústria e mais especificamente o setor metalúrgico; desenvolvia estudos com recorte de gênero, raça e juventude, além de análises do mercado de trabalho e das relações trabalhistas.

[email protected]

Olivia Carolino Pires

Pesquisadora

Olívia Carolino Pires é militante da Organização Consulta Popular e integra a coordenação do Projeto Brasil Popular (2015). Concluiu Bacharelado em Ciências Econômicas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, em 2005. É mestra em Desenvolvimento Econômico, na área de História Econômica, pelo Instituto de Economia da UNICAMP (2009). Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC-SP (2015). Integrou o corpo docente do departamento de Ciências Econômicas da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2008 e 2017). Fez parte da equipe de educadores populares do Centro de Educação Popular do Instituto Sedes Sapientiae (2015 – 2018). É professora na Escola Nacional Florestan Fernandes. Se dedica a processos de formação junto aos movimentos populares e sindicais no Brasil.

[email protected].org

Richard Pithouse

Coordenadora

Richard Pithouse é professor associado do Wits Institute for Social & Economic Research (WiSER), editor da New Frame e colunista em jornais. Contribui regularmente na imprensa há 25 anos, tendo sido editor colaborador da The Con. Já ocupou diversos cargos na Academia, onde ensinou Filosofia, Política e dedicou-se a trabalhos sobre teoria política, movimentos populares e cidades. Possui um especial interesse acadêmico em Frantz Fanon.

[email protected]

Nontobeko Hlela

Pesquisadora

Nontobeko Hlela começou sua carreira profissional como professora acadêmica de política em Durban, na África do Sul. Ela trabalhou como diplomata sênior e trabalhou em Nairobi, no Quênia, por alguns anos. Ela também é uma Pesquisadora com experiência em toda a África. Sua pesquisa enfoca as perspectivas para o avanço dos interesses da África e do Sul Global no cenário internacional.

[email protected]

Miriam Di Paola

Pesquisadora

Miriam Di Paola trabalha como Pesquisadora e também é ativista. Ela se mudou de Roma para Joanesburgo em 2010. Tanto na Itália quanto na África do Sul, Miriam participou de lutas políticas, incluindo a dos mineiros que lutavam por um salário melhor em Marikana, na África do Sul. E a iniciativa lançada pela União Nacional dos Metalúrgicos da África do Sul. (NUMSA) para construir uma Frente Unida de trabalhadores e organizações comunitárias. Miriam tem trabalhado em vários projetos de pesquisa na Universidade de Witwatersrand e na Universidade de Joanesburgo, bem como em organizações internacionais. Publicou sobre questões de economia política da migração, o mercado de trabalho sul-africano, xenofobia e sindicatos, e escassez na enfermagem. Miriam possui dois mestrados e atualmente está trabalhando em seu doutorado sobre a economia política ante a crise da enfermagem na saúde pública.

[email protected]

Mwelela Cele

Pesquisador

Mwelela Cele trabalhou como curador, educador, pesquisador, bibliotecário e coordenador de eventos, além de tradutor. Possui um forte interesse por História, tanto escrita como oral, e em sítios e patrimônios históricos. Trabalhou no Centro de Documentação da Universidade de KwaZulu-Natal’s e na Campbell Collections, especificamente na Biblioteca africana Killie Campbell, no Digital Innovation South Africa (DISA), e no Museu Luthuli, em Groutville que celebra a vida de Albert Luthuli. Recentemente, passou diversos anos em Ginsberg, King William's Town (eQonce) no Cabo oriental, na Fundação e Centro Steve Biko E atualmente é o Diretor de Arquivo e Programas Públicos na New Fram, em Johannesburg. Publicou muitos artigos em jornais, revistas acadêmicas, livros e publicações online. Se interessa por pesquisa histórica, política e cultural, literatura e cinema.

[email protected]